notícias > Vídeos
Vídeos para quem quer saber mais sobre Belo Monte
Postado em 22/11/2011

O debate sobre a importância da Usina Belo Monte pede mais subsídios. Por isso, a Norte Energia S.A. disponibiliza vídeo com informações do projeto da terceira maior usina hidrelétrica do mundo e de sua participação para o desenvolvimento sustentável do Brasil. Na primeira peça de apresentação, estão dados como a necessidade de aumento em 60% da capacidade energética instalada brasileira, nos próximos dez anos e o posicionamento do Brasil como um país de matriz limpa. Em um infográfico, é possível entender as alterações no projeto, com a redução da área alagada, inicialmente de 1.225 km², para 503 km². Esta mudança permitiu que nenhuma terra indígena fosse alagada pelo reservatório e nenhum índio precisasse ser removido de suas terras.

O outro vídeo, intitulado A Usina e as Casas de Força, mostra como ficará a usina quando concluída e a tecnologia aplicada no projeto. O fato de utilizar o modelo a fio d´água, por exemplo, contribuiu para diminuir a área alagada. O declive natural entre o reservatório principal e a casa de força principal também garantem a geração necessária para abastecer o país e confirmar a viabilidade da usina.

Em mais um vídeo, chamado A Obra, a Norte Energia apresenta o trabalho de levantar canteiros de obras para este grande empreendimento e detalhes da montagem das casas de forças que formam a Usina Belo Monte.

Não deixe de conferir:

Apresentação -- Usina Belo Monte

A Usina e as Casas de Força

A Obra

Os vídeos também estão disponíveis na versão em Inglês. Acesse aqui.

25
comentários


25 respostas para “Vídeos para quem quer saber mais sobre Belo Monte”

  1. VALTER disse:

    #Uma Obra que irá ajudar muitas familias com a geração de empregos diretamente e indiretamente quero fazer parte dessa grande Obra que Deus Abençõe a todos com Fé em Deus e em nome de Jesus.

  2. waldir disse:

    até que enfim estâo aplicando o dinheiro em algo que vale a pena,este sim e um orgulho nacional.

  3. jeferson pereira disse:

    gostaria de trabalhar …. sou gaúcho e tenho experiência como eletricista e vários cursos na área,, nr 10 ,, nr 35,, predial,, montador de redes aéreas,, eletrotécnica ,,industrial de manutenção e quadros de comando ,,clp básico…
    artesaod@yahoo.com

  4. Paulo disse:

    Parabéns pela coragem de desenvolver esta região do País com um cuidado infinitamente maior do que fizeram outros países nos seus territórios..O que os brasileiros devem perceber é que para termos recursos para educação,saúde,moradia,tecnologia,etc deve-se desenvolver também esta região do Brasil.Todos os países desenvolvidos fizeram isso,por que só nós não podemos?

  5. wadson anacleto dos santos disse:

    A Usina Hidrelétrica de Belo Monte é uma central hidrelétrica que está sendo construída no Rio Xingu, no estado brasileiro do Pará, nas proximidades da cidade de Altamira.

    Sua potência instalada será de 11.233 MW; mas, por operar com reservatório muito reduzido, deverá produzir efetivamente cerca de 4.500 MW (39,5 TWh por ano) em média ao longo do ano, o que representa aproximadamente 10% do consumo nacional (388 TWh em 2009).5 Em potência instalada, a usina de Belo Monte será a terceira maior hidrelétrica do mundo, atrás apenas da chinesa Três Gargantas (20.300 MW) e da brasileira e paraguaia Itaipu (14.000 MW); e será a maior usina hidrelétrica inteiramente brasileira

  6. Alessandro disse:

    Progresso para o Brasil, diga sim a Belo Monte

  7. joaos soares torres disse:

    Boa tarde,
    Como faço para baixar o video da Obra de Belo Monte e de Belo Monte – Usina e as casas de força.

  8. Jota disse:

    Quem é contra a construção de usinas devia protestar, talvez começar desligando os computadores, TV’s, luzes, tomando banho frio, etc. Bom pelo menos um efeito teria, diminuiria a quantidade de pessoas contra em blog’s. Infelizmente os que protestam são apenas massa de manobra, movidos por alguns trocados. Na sua grande maioria não estão interessados em preservar nada, só querem uma parte do dinheiro empregado na obra sem ter que trabalhar. Já presenciei o que uma grande obra é capaz de fazer para uma região, há malefícios com certeza, mas a quantidade de progresso é incomparável.

  9. diga sim disse:

    ola bom dia, a quem diga que esta usina é um absurdo, mas eu pergunto sera que ele ou ela nao tem nada em sua casa , ferro de passar ventilador , ar condicionado, celular, e muitos outros equipamentos de uso diario , que consomem energia eletrica , de onde vem esta energia , se for feito calculo imaginem a contução de sistemas de capação de vento; para gerar energia eletrica , e ou a construção de sistemas de capação de calor para geração de energia eletrica, ou ainda sistemas de usinas atomicas, com riscos de esplosoes contaminaçoes alem mda inumeras criticas de outros paises que ja sebemos quem seria, mas talvez pensem e as usinas de cana, sao muitas mas nem todos juntas daria conta do brasil em crescimento, então devemos ter uma visaõ mais ampla de nossas necessidades, sistemas ecologicos serao mudados, sim populaçoes inteiras perderam sua historias passadas talvez, mas quantas vidas serão salvas quando um apagao real acontecer por falta de chuva ou por falta de energia , devemos nos adiantar a todas as questões e procurar minimizar os problemas senao zera-los pois um pais em crescimento preciso andar junto com seu povo é muito importante a proximidade dos orgão reguladores e controladores e de fiscalizaçoes para que nao se cometa crimes , contra a vida num contexto geral, e um trabalho de recuperação, de todo material que podera ser perdido com possíveis unundaçoes de lugares para as construçoes que compoes a Belo Monte.
    Mas problemas sempre terao , devemos sempre supara-los

  10. Roberto disse:

    Viva ao Brasil que cresce, sim a BELO MONTE !!!!!!!!!!!!!!!

  11. Samir disse:

    Digo sim a Usina Belo Monte!
    Eu seria muito hipócrita dizer não, afinal, eu e 80 porcento da população mundial somos consumidores de energia, inclusive, os ambientalistas. Que usam e abusam desta energia, ou será que eles não tem ar condicionado, tv,? ou não utilizam objetos/produtos industrializados.
    Pela a questão ambiental os videos deixaram claro a preocupação de não prejudicar a população que vivem por lá.

  12. Andre disse:

    Diga Não aos Ecochatos. Diga sim a energia mais limpa do mundo: Belo MOnte.

    Ecochatos, façam alguma coisa pelo país, parem de raclamar e serem estúpidos. Parem de usar nossa energia limpa e vão para a floresta fazer chaca chaca na Buchaca.

  13. Herley Matias disse:

    Boa tarde
    1> Como faço para baixar o video da Obra de Belo Monte e de Belo Monte – Usina e as casas de força

  14. Gerson disse:

    Dizer não assim disseram não a divisão do estado do Pará????

    Parace que vocês que dizem ‘não’ não tem visão , não sabem o que estão dizendo. E só dizem não porque pensam em benefícios próprios.

    Mas isso é uma questão de tempo para vocês que dizem não, aceitarem correndo as vantagens em todos os sentidos que essa obra vai trazer. PRINCIPALMENTE SE VOCÊS QUE DIZEM NÃO FOREM DA ÁREA DE INFLUÊNCIA DO BELO MONTE.

  15. Feliz disse:

    Diga sim,
    para a hidrelétrica de Belo Monte.
    Diga sim,
    para uma nova Melhoria.

  16. sandra disse:

    ta ok.. oposição.. vai la e protesta contra o descaso dos governista da cidade de altamira, pede pra eles usarem o dinheiro publico em beneficio da população.. e injusto, para a usina tem grito de contra, mas para as mãos dos mal carates dessa cidade que contar a nossa madeira, todos ficam em silencio. chega de moralismo barato, vamos trazer o desenvolvimento aonde não tem mas arvores a um bom tempo.

  17. adriele da silva vieira disse:

    ñ tenho muito o que comentar a respeito do assunto mais gostaria que me enviassem informações de quais os beneficios que ela trará as populações. vou aguardar respostas

  18. Fernando disse:

    Diga sim a energia sustentável!!

    • Samir disse:

      Digo sim a Usina Belo Monte!
      Eu seria muito hipócrita dizer não, afinal, eu e 80 porcento da população mundial somos consumidores de energia, inclusive, os ambientalistas. Que usam e abusam desta energia, ou será que eles não tem ar condicionado, tv,… ou não utilizam objetos/produtos industrializados.
      Pela a questão ambiental os videos deixaram claro a preocupação de não prejudicar a população que vivem por lá.

  19. Antonio C. Carlos Filho disse:

    Toda discussão sobre hidrelétricas poderiam sem minimizadas se tentassem utilizar a força das águas sem construção de represas; ou pelo menos represas tão grandes. Estudando um tipo de elevador de água conhecido como Elevador de Cherepnov, dá para perceber que é possível elevar água sem represas e por sua vez gerar energia elétrica na queda da água ao longo de todo o rio; inclusive melhorando a qualidade da água dos rios. Sem falar que qualquer porte de rio pode ser utilizado para somar todas as quedas e desníveis normais para gerar energia em um determinado local, acima ou abaixo do rio ou até mesmo juntando vários. O sistema consiste em utilizar a água para comprimir ar e este ar comprimido pode ser transportado em gasoduto para determinados locais para acionar turbinas ou mesmo elevar água se for o caso. Os custos ambientais, sociais e tecnológicos seriam reduzidos ao minimo.

  20. Indignado disse:

    Diga não a usina de Belo Monte

    • juliano disse:

      Pelo jeito vc não é Brasileiro para dizer não a belo monte porq se fose daria sua vida por ela,,diga sim ao desenvolvimento dessa maravilhosa usina que proporcionara energia para o desenvolvimento e crescimento de nosso pais.

    • jose carlos artero disse:

      digo sim tem todo meu apoio quero a usina

    • antonio guimaraes azevedo disse:

      Diga não para Belo Monte de outras usinas mais e voltem a viver na idade da pedra . Pois todos dizem não a Belo Monte e correm e compram todo tipo de novidade eletrônica que aparece no mercado .

  • Antes de se mudar com a família para o Jatobá, um dos cinco bairros que a Norte Energia está construindo em Altamira, o pedreiro Dieckson Silva de Souza, 22 anos, ouviu que as casas não prestavam, eram frágeis, de isopor... Os boatos, espalhados por pessoas que assistem à distância o sofrimento causado pelas cheias históricas do Xingu às famílias residentes nos igarapés, provocou certa apreensão em Souza. Mas esse receio desapareceu quando o pedreiro decidiu ver de perto como as casas são construídas. Dieckson, que entende do assunto, não tem dúvida: “Estas casas são de qualidade.” Veja o depoimento dele. httpv://www.youtube.com/watch?v=hzBWoFOw8zQ&feature=youtu.be     Leia também: O sonho realizado dos Cardoso Uma casa para toda a vida
  • A campanha “Saneamento é saúde” desta semana destaca que as obras de instalação das redes de água e esgoto na avenida Djalma Dutra serão realizadas após o dia 15 de setembro. A data foi estabelecida a pedido da Associação Comercial, Industrial e Agropastoril de Altamira (Aciapa) e tem como objetivo reduzir a alteração na rotina na área central de Altamira. Nesta semana, os trabalhos serão concluídos na rua Sete de Setembro e adjacências. A campanha, promovida pela Norte Energia em parceria com Cosanpa e Prefeitura de Altamira, leva à população informações sobre as obras de saneamento no centro da cidade. Como parte do Projeto Básico Ambiental da UHE Belo Monte, a Norte Energia está instalando em Altamira 220 quilômetros de tubulações de esgoto e 13 estações elevatórias, além de uma Estação de Tratamento (ETE) no bairro Recreio, que tratará os efluentes para devolvê-los como água limpa para o rio Xingu, sem qualquer prejuízo à natureza. Também estão sendo instalados 170 quilômetros de redes de água, uma Estação de Captação, uma Estação de Tratamento e oito reservatórios com capacidade para armazenar oito milhões de litros de água tratada. Confira onde as obras de saneamento serão realizadas entre os dias 25 e 30 de agosto: - Travessa Agrário Cavalcante, entre as ruas Magalhães Barata e Sete de Setembro e no trecho ente Rua Anchieta e Segunda Alameda; - Travessa Pedro Gomes, entre a Rua Sete de Setembro e Avenida Djalma Dutra; - Travessa Comandante Castilho, entre as ruas Magalhães Barata e Sete de Setembro; - Alameda Segunda, entre as travessas Pedro Gomes e Agrário Cavalcante; - Rua Anchieta, entre as travessas Pedro Gomes e Agrário Cavalcante; - Avenida Perimetral, entre as travessas Agrário Cavalcante e Dez de Novembro. httpv://www.youtube.com/watch?v=rQtY_HimdjU
  • A campanha de comunicação “Saneamento é Saúde”, realizada pela Norte Energia, Prefeitura Municipal de Altamira e Cosanpa, informa que as obras na Rua Sete de Setembro, principal via do comércio da cidade, estão em fase de conclusão.  A parte de escavação e instalação de tubulações praticamente está finalizada e, nesta semana, as faixas de asfalto retiradas para o trabalho serão recolocadas. Condicionante da Hidrelétrica Belo Monte, o saneamento básico vai melhorar as condições de saúde e universalizar o acesso à água tratada nas áreas urbanas do município. O sistema consiste na instalação de 220 quilômetros de rede e 13 estações elevatórias que vão receber o esgoto e enviá-lo à Estação de Tratamento (ETE) no bairro Recreio, onde os efluentes serão tratados e transformados em água limpa. A água transparente será direcionada ao rio Xingu, sem qualquer prejuízo para a natureza. O saneamento para Altamira é reforçado pela instalação de 170 quilômetros de tubulação de água tratada na cidade. Este sistema também conta com uma Estação de Captação, uma Estação de Tratamento de Água e oito reservatórios com capacidade para armazenar oito milhões de litros. httpv://www.youtube.com/watch?v=7nLpu-gzJrc&feature=youtu.be Confira onde as obras de saneamento acontecem entre os dias 19 e 23 de agosto. Rua Sete de Setembro, entre a Travessa Pedro Gomes e a Travessa Coronel Tancredo. Travessa Pedro Gomes, entre as Ruas Sete de Setembro e Avenida Djalma Dutra. Travessa Agrário Cavalcante, entre as ruas Magalhães Barata e Primeiro de Janeiro. Travessa Coronel Tancredo, entre as ruas Magalhães Barata e Sete de Setembro. Travessa Paula Marques, entre as ruas Primeiro de Janeiro e Magalhães Barata. Travessa Lindolfo Aranha, entre a Rua Sete de Setembro e a Avenida Djalma Dutra. Rua Anchieta, entre as travessas Coronel Tancredo e Dez de Novembro. Alameda Segunda, entre as travessas Pedro Gomes e Agrário Cavalcante. Pista da direita da Avenida Perimentral, entre as travessas Agrário Cavalcante e Dez de Novembro.
  • A implantação das redes de água e esgoto em Altamira chegou à Rua Sete de Setembro, principal via comercial e uma das mais movimentadas do Centro da cidade. A campanha de comunicação “Saneamento é Saúde”, promovida pela Norte Energia, em parceria com a Prefeitura Municipal e a Cosanpa, orienta a população sobre as ruas da área central que estarão em obras nos próximos dias. Responsável pela construção e operação da Usina Hidrelétrica Belo Monte, a Empresa está instalando um moderno sistema de saneamento que vai universalizar o acesso à água tratada e dar condições sanitárias dignas às áreas urbanas do município. São 220 quilômetros de rede e 13 estações elevatórias que vão receber o esgoto e enviá-lo à Estação de Tratamento (ETE) no bairro Recreio. Lá, os efluentes serão tratados e transformados em água limpa, que será devolvida ao rio Xingu, sem qualquer prejuízo para a natureza. O projeto de saneamento da Norte Energia para Altamira é reforçado pela instalação de 170 quilômetros de tubulação de água tratada na cidade. Este sistema também conta com uma Estação de Captação, uma Estação de Tratamento de Água e oito reservatórios com capacidade para armazenar oito milhões de litros.   Confira onde as obras de saneamento acontecem de 11 a 16 de agosto: Rua Sete de Setembro, entre Alameda Heroíto de Medeiros e Rua Comandante Castilho. Travessa Pedro Gomes, entre as ruas Magalhães Barata e Sete de Setembro. Travessa Agrário Calvante, entre as ruas Coronel José Porfírio e Magalhães Barata. Travessa Coronel Tancredo, entre as ruas Magalhães Barata e Sete de Setembro. Rua Anchieta, entre Acesso 3 e Travessa Dez de Novembro. Rua Intendente Floriano, entre as travessas Pedro Gomes e Agrário Cavalcante. Avenida Perimetral, entre a Travessa Dez de Novembro e a Rua Professor Antônio Gondim Lins   httpv://www.youtube.com/watch?v=ImPWkLP4DIY&feature=youtu.be      
  • A campanha “Saneamento é Saúde”, promovida pela Norte Energia, Prefeitura Municipal de Altamira e Cosanpa, destaca, esta semana, os primeiros testes operacionais das redes de água e esgoto do município, realizados no dia 31 de julho. Com a Usina Hidrelétrica Belo Monte, Altamira contará com um moderno sistema de saneamento. São 220 quilômetros de rede e 13 estações elevatórias que vão receber o esgoto e enviá-lo à Estação de Tratamento (ETE) no bairro Recreio, onde, após o processo de tratamento, a água limpa será devolvida ao rio Xingu, sem qualquer prejuízo para a natureza. O projeto de saneamento é reforçado pela instalação de 170 quilômetros de tubulação de água potável na cidade. Este sistema também conta com uma Estação de Captação, uma Estação de Tratamento e oito reservatórios com capacidade para armazenar oito milhões de litros de água potável. A campanha “Saneamento é Saúde” desta semana também informa onde ocorrem as obras no Centro no período de 4 de 9 de agosto. Confira: - Travessa Pedro Gomes, entre as ruas Magalhães Barata e Sete de Setembro. - Travessa Coronel Tancredo, entre as ruas Coronel José Porfírio e Sete de Setembro. - Travessa Lindolfo Aranha, entre as ruas Magalhães Barata e Sete de Setembro. - Rua Comandante Castilho, entre as ruas Magalhães Barata e Sete de Setembro. - Travessa Intendente Floriano, entre a Travessa Agrário Cavalcante e Acesso Nove. - Travessa Agrário Cavalcante, entre as travessas Intendente Floriano e Otaviano Santos. httpv://www.youtube.com/watch?v=vrYMPtn87oI&feature=youtu.be
  • O novo vídeo da campanha “Saneamento é saúde”, realizada pela Norte Energia em parceria com a Prefeitura Municipal de Altamira e Cosanpa, traz informações sobre mudanças no tráfego da Avenida Coronel José Porfírio, uma das principais vias da cidade. A rota está sendo alterada parcialmente devido às obras de saneamento básico na cidade realizadas como parte do Projeto Básico Ambiental da Usina Hidrelétrica Belo Monte. Serão instalados 220 quilômetros de redes de esgotamento sanitário e implantados 170 quilômetro de tubulações de rede de água. Saiba quais são as rotas alternativas de entrada e saída de Altamira. httpv://www.youtube.com/watch?v=duFDD6yWHIc
  • httpv://www.youtube.com/watch?v=xDJB8K4YYig&feature=youtu.be A websérie #MochilãoBR, do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC), visitou as obras da UHE Belo Monte e mostrou como o empreendimento está mudando a vida dos paraenses, com geração de empregos e melhorias para a região do Xingu.
  • O sexto vídeo da campanha “Saneamento é saúde”, ação desenvolvida pela Norte Energia em parceria com a Prefeitura Municipal de Altamira e Cosanpa, traz as vozes da cidade para destacar a importância das obras nas redes de água e esgoto. Com o avanço dos trabalhos nas ruas do Centro, a população está cada vez mais perto de ter a área urbana saneada e com água potável em casa. A Norte Energia está implantando 220 quilômetros de tubulações para esgotamento sanitário e 170 quilômetros de canos para abastecimento de água, ações previstas no Projeto Básico Ambiental (PBA) da Usina Hidrelétrica Belo Monte. Já foram construídos 149 quilômetros de esgotamento sanitário e 118 quilômetros de rede de água. A oferta de água potável na cidade também será reforçada com a construção de oito reservatórios. Ruas onde serão realizadas obras de saneamento entre 30 de junho e 5 de julho: - Travessa Pedro Gomes, entre as ruas Coronel José Porfírio e Magalhães Barata. - Rua Otaviano Santos, entre as travessas Pedro Gomes e Dez de Novembro. - Travessa Marajoara, entre as ruas Otaviano Gomes e Ernesto Passarel. - Acessos 8 e 9, entre as ruas Luís Né da Silva e Intendente Floriano. - Travessa Dez de Novembro, entre as ruas Primeiro de Janeiro e Rua Sete de Setembro. - Alameda Heroito de Medeiros, entre as ruas Sete de Setembro e Magalhães Barata. - Travessa Coronel Gaioso, entre as ruas Coronel José Porfírio e Primeiro de Janeiro. httpv://www.youtube.com/watch?v=N9LI8O0QiWM&feature=youtu.be
  • A Campanha “Saneamento é Saúde” entra na sexta semana informando a população de Altamira sobre as obras nas redes de água e esgoto do município. Sob a temática da Copa do Mundo, o vídeo divulgado em emissoras de televisão locais traz cidadãos altamirenses falando acerca da importância de ter uma cidade saneada. As obras do abastecimento de água potável e o tratamento completo do esgotamento sanitário realizadas pela Norte Energia fazem parte das compensações ambientais para a construção e operação da Usina Hidrelétrica Belo Monte. httpv://www.youtube.com/watch?v=MGoy4djBhDY&feature=youtu.be Confira as ruas onde serão realizadas obras de saneamento entre 23 e 28 de junho: Travessa Pedro Gomes, entre as ruas Magalhães Barata e Coronel José Porfírio. Travessa Ernesto Passarel, entre ruas Pedro Gomes e Agrário Cavalcante. Travessa Marajoara, entre as ruas Luís Né da Silva e Otaviano Santos. Travessa Dez de Novembro, entre as ruas Magalhães Barata e Coronel José Porfírio. Alameda Heroíto de Medeiros, entre as ruas Sete de Setembro e Magalhães Barata. Travessa Paula Marques, entre as ruas Primeiro de Janeiro e Coronel José Porfírio. Travessa Coronel Gaioso, entre as ruas Coronel José Porfírio e João Pessoa.
  • httpv://www.youtube.com/watch?v=OUs_JozQ00c Em tempos de Copa do Mundo, o futebol reforça a campanha “Saneamento é saúde”, realizada pela Norte Energia em parceria com a Prefeitura de Altamira e a Cosanoa para informar os moradores sobre as obra de saneamento no centro da cidade. O programa desta semana lembra os benefícios do saneamento e destaca a instalação de tubulações de água e a ampliação da Estação de Tratamento de Água no município, obras realizadas pela Norte Energia como parte das condicionantes ambientais da UHE Belo Monte. E reforça a orientação a motoristas e pedestres sobre ruas interditadas no centro em decorrência das obras. Confira as ruas interferidas pelas obras de saneamento entre os dias 9 e 14 de junho de 2014: - Avenida João Pessoa, no trecho entre a Travessa Agrário Cavalcante e a Travessa Pedro Gomes - Avenida João Pessoa, no trecho entre a Travessa Pedro Lemos e a Travessa Coronel Gaioso - Travessa Pedro Lemos, no trecho entre a Rua Pedro Lemos, a Rua Coronel José Porfírio e a Avenida João Pessoa - Rua Anchieta, no trecho entre a Travessa Lindolfo Aranha e o Acesso 12 - Rua Magalhães Barata, no trecho entre a Coronel Gaioso e a Travessa Comandante Castilho - Rua 1º de Janeiro, no trecho entre a Travessa Agrário Cavalcante e Travessa 10 de Novembro - Rua 1º de Janeiro, no trecho entre a Travessa Lindolfo Aranha e a Travessa Coronel Tancredo - Rua 1º de Janeiro, no trecho entre a Travessa Coronel Gaioso e a Travessa Comandante Castilho - Travessa Agrário Cavalcante, no trecho entre a rua Coronel Porfírio e a Avenida João Pessoa











© Desenvolvido por santafédigital. Uma empresa do grupo santafé.