en     pt
Desenvolvimento Social
Escola Polivalente renovada
Desenvolvimento Social
Postado em 22.05.2015
Vanderson Ribeiro: "estudar em um espaço adequado e com boas condições faz toda a diferença". (Fotos: Betto Silva)

Vanderson Ribeiro: “estudar em um espaço adequado e com boas condições faz toda a diferença”. (Fotos: Betto Silva)

A escola Polivalente é o cenário da formação de várias gerações de estudantes de Altamira nos últimos 40 anos. É um símbolo da educação na cidade e querida por todos os moradores. Neste ano, pela primeira vez desde sua fundação, o espaço ganha uma reforma completa com conclusão prevista já para agosto deste ano.

“Além de melhorar as instalações da escola, essa obra também acaba sendo um incentivo para manter os estudantes no colégio. Afinal, estudar em um espaço adequado e com boas condições faz toda a diferença”, diz o estudante Vanderson Ribeiro, 18, aluno do 3º ano do ensino médio.

Professora há quase 20 anos na escola, Fátima Freitas conta que a reforma era um pedido antigo da comunidade. “Quem estuda ou trabalha aqui há anos sabe o quanto esse ambiente estava precário. Temos certeza que isso vai contribuir significativamente para a melhoria do ambiente escolar”, afirma.

“Anos atrás a escola passou por algumas reformas, mas as obras eram sempre superficiais. No máximo, eram pinturas ou consertos no telhado. Mas, reforma completa mesmo, incluindo acessibilidade para alunos e funcionários com deficiência, é a primeira vez”, ressalta a diretora Katia Mirela.

Iniciado em setembro do ano passado, o projeto prevê reforma completa das salas de aula, auditório, sala de leitura, laboratório de informática, laboratório multidisciplinar e sala de atendimento especializado.

A reforma da Polivalente beneficia diretamente cerca de 1.200 alunos e faz parte do Projeto Básico Ambiental da Usina Hidrelétrica Belo Monte, que está sendo construída pela Norte Energia. A empresa já investiu em educação R$ 64,5 milhões em ações que beneficiam 22 mil alunos nos cinco municípios do médio Xingu. Com a entrega do prédio, a Norte Energia alcança a marca de 28 obras de educação em Altamira. A previsão é entregar ao município mais sete obras até fevereiro de 2016.

Parte da reforma está pronta, incluindo salas de aula, e já beneficia a comunidade escolar da Polivalente. (Fotos: Betto Silva)

Parte da reforma está pronta, incluindo salas de aula, e já beneficia a comunidade escolar da Polivalente. (Fotos: Betto Silva)

  • A Norte Energia S.A. inaugura nesta sexta-feira, 15 de julho, no município de Vitória do Xingu, a reforma e ampliação da Escola de Ensino Fundamental Santa Helena.  A obra, realizada pela equipe de engenheiros da Norte Energia, conclui mais uma condicionante do Licenciamento Ambiental, estabelecida pelo Instituto Brasileiro de Meio Ambiente e Recursos Naturais Renováveis (Ibama) para a construção da Usina Hidrelétrica Belo Monte. As obras da Escola Santa Helena, iniciadas em 22 de março, foram concluídas em 20 de junho. Além da reforma e ampliação da Escola, o cumprimento da condicionante inclui também, a instalação da rede de distribuição de água na comunidade Santo Antonio, a escavação de um poço semi-artesiano e a construção de um reservatório com capacidade para 20 mil litros de água. O prefeito Prefeito de Vitória do Xingu, Liberalino Neto, irá inaugurar também a cobertura com revestimento de piçarra das ruas que interligam a cidade. O revestimento das ruas com piçarra, procedimento conhecido na região por piçarramento, irá beneficiar a comunidade, que antes devia enfrentar um trajeto esburacado e empoeirado para ter acesso ao rio.











© Desenvolvido por santafédigital. Uma empresa do grupo santafé.